Cálculo Exato

Bernardinho chora e diz que pode deixar seleção por causa do filho Bruno

Bernardinho chorou na coletiva de imprensa que concedeu após a derrota para a Rússia , na final olímpica. O treinador se emocionou ao falar sobre Bruno, filho dele e levantador da seleção brasileira, que se mostrou muito abalado após o jogo. Ao ser questionado sobre se teria visto o filho chorando em quadra na cerimônia de medalhas, foi o técnico que acabou não contendo as lágrimas.

Ainda bem que eu não vi”, disse Bernardinho, antes de uma longa pausa para recuperar a fala. “Para qualquer pai é a coisa mais difícil. E eu sei quanto tem sido difícil pra ele, porque até a relação pai e filho na quadra é muito complicada. Pra mim, vou embora triste por todos os caras, por ele como pai… E nem chorar junto a gente chora, esse relação distancia muito mais que aproxima”, disse.

O treinador fez ponderações sobre se continua ou deixa o comando da seleção, com vista nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Para Bernardinho, a decisão tem a ver com a presença do filho na equipe. “Quando penso em (se permaneço até) 2016, penso nisso (no Bruno), porque ele é um cara fundamental para 2016 e minha presença pode ser prejudicial”, desabafou o treinador.

Emocionado, o técnico deixou claro que sua presença coloca certa pressão no filho, o que pode acabar minando o desempenho dele em quadra. “Eu sei o quanto ele queria provar que era possível, que eu não estava sendo nepotista, e eu muitas vezes até fiz o contrário… Minha decisão (sobre deixar o time) tem muito a ver com isso, ele é um cara fundamental e eu não posso prejudica-lo de maneira nenhum”, disse.

Ig

3 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *