Cálculo Exato

5 Passos para Mudar o Brasil (Parte 3) – Educação, Saúde e Transporte Público!

E finalmente vou terminar a Série 5 Passos para Mudar o Brasil. Espero que os amigos e amigas estejam gostando, porque para mim é um misto de prazer e boa vontade que escrevi para vocês. Vamos lá então?

O novo Tripé: Educação, Saúde e Transporte Público.

Educação

educação

Com as medidas no Judiciário e no Legislativo e sobre a Questão das Drogas, vamos para a Educação. Como impedir que nossos jovens negros e/ou pobres não se tornem parte do Mercado do Tráfico (e consequentemente morram ainda muito cedo)? Temos que ter um modelo de Educação em Tempo Integral que realmente funcione.

Com escola o tempo todo do dia, com uma atividade Extra-curricular no outro período. Algo que envolva esportes, um curso técnico, ou que explore a veia artística de nossas crianças — porque todos somos indivíduos e merecemos colocar para fora, também o que somos. Não me importo se seguirmos a Educação Sueca, ou algo entre a Escola Nova e o modelo de Paulo Freire.

A Educação Sueca tende a dar mais liberdade às crianças, o que parece melhorar o nível de aprendizagem delas — mas dizem os depoimentos, tornar a vida dos professores um inferno de “indisciplina” (elas não quererem seguir os “planos de aula”).

Escola Nova é um modelo que “grosso modo” daria a criança “problemas” e métodos diferentes para resolvê-los. E envolve, pelo pouco que sei “interdisciplinaridade”, ou seja, problemas que envolvam diversas áreas da aprendizagem — Matemática, Português, História, tudo numa “coisa só”.

paulo_freire

O “pouquinho de nada” que se do método de Paulo Freire envolve em tratar o professor e os alunos em divisórias menos demarcadas, com as crianças e seus professores “aprendendo e reaprendendo” juntos. Dai a mudança dos termos: “Educandos e Educadores”. Também envolve ensinar, colocando sempre algo do cotidiano dos seus educandos, o que “aumenta a vontade de aprender”.

É certo que hoje a Educação “psicologista” não funciona (aplica em diversas escolas privadas: não se preocupam com o conteúdo das lições, mas sim com a socialização das crianças).

Digo o mesmo para a educação “socialista” (vamos falar, nossos “filósofos da educação” são terríveis), que acaba colocando encargos muito altos ao professor — que sozinho deve “motivar o em aprender” e fazer algo “dissociativo e critico” ao mesmo tempo (dá vontade de rir).

Não me importo com o modelo, contanto que funcione e reitere o respeito ao próximo, e ao professor!

Saúde

saude-publica-um-assunto-que-merece-muita-atencao-4

Temos 3 modelos de saúde pública e universal, entre os melhores do mundo, que podemos adaptar e trazer para o Brasil: O modelo britânico que é orgulho para os ingleses; o modelo canadense, considerado o melhor do mundo, e o modelo cubano, que é voltado a prevenção e a saúde da família. Eu particularmente fico com o canadense.

Mas Tassio, como trazer para cá? Oras… vamos estudá-los a fundo, entender como funcionam, e trazer à nossa realidade. Seria o mesmo se trouxéssemos a “educação sueca”. Sabe porquê? Porque temos de esquecer de “querer reinventar a roda” e trabalharmos em problemas sérios, que precisam de soluções objetivas.

remedios

Temos que também, diminuir a níveis aceitáveis, ou quem sabe, acabar, com os impostos nos medicamentos. É inaceitável que cobremos 34% de imposto EM REMÉDIOS! A Inglaterra não cobra imposto nenhum em cima de remédios por exemplo.

Transporte

metro

Nenhum país do mundo tem como principal modal de transporte os “carros e ônibus”. Os modais são os trens e os metrôs! Mas sabe porque eles são tão caros de construir aqui no Brasil? Porque não fazemos eles aqui! Não temos investimento tecnológico em nossas universidades nestes dois modais!

A resposta é simples: Investir em universidades para que desenvolvam respostas NACIONAIS de metrôs e trens urbanos, e permitir a viabilização da industria para por eles nos trilhos! É SIMPLES!

metro 2

O resultado? A gente pode acabar vendendo metrôs 100% nacionais, talvez mais baratos que os “orientais” por exemplo, para países amigos! E assim o problema vira Solução!

E não estou nem ai com as nossas “montadoras” e seu forte lobby. É só tornamos industrias capazes de produzirem essa tecnologia desenvolvida no Brasil — desde que nos paguem os Royaltes devidos. Mas nunca fizeram isso.. cof, cof, cof.

Radar_SABER-M60
Radar SABER M60, Produzido no Brasil com Tecnologia Nacional

A industria de Defesa Nacional é justo assim — o carro de combate Guarani, O radar Saber, o Super Tucano, todos desenvolvidos em nossas universidades e centros nacionais, e rendem “dividendos” para o Brasil!

Conclusão.

É isso meus amigos e amigas, desejo que todos tenham um bom voto amanhã, que façam mais uma vez o espetáculo da Democracia acontecer. Por ora, desejo que vocês tenham gostado de todos os “passos”.

Abraços!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *