O Filme Proibido

Por Luciano Silva Rocha@lucianosrocha

 

 

 

 

O longa ‘A Serbian Film – Terror Sem Limites’ do diretor Srdjan Spasojevic foi censurado no Rio de Janeiro na última semana.

Foi encaminhado um inquérito civil público onde o procurador Fernando Martins listou 19 razões para o Ministério da Justiça vetar ‘A Serbian Film’ em território nacional. Uma das razões diz qua a obra trata

“da indústria pornográfica e de um dos seus subgêneros mais undergrounds, os ‘Snuff Movies’”, que “tal sub-gênero compõe-se de filmes extremistas que introduzem o lado mais negro da alma humana, usando fetiches e crimes reais como atrativos”, que “o referido filme contém até mesmo cenas em que se simulam atos sexuais com criança e  com recém-nascido” e que ele “causou mal-estar onde foi exibido”.

O filme também teve sua exibição cancelada em outros países como a Espanha,onde foi banido por ‘ameaça à liberdade sexual’ e na Noruega devido a uma violação criminal sobre a representação sexual de menores e violência extrema.

 

 

Em julho deste ano o filme foi exibido no Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre, o VII FANTASPOA.

Se não fosse essa falação provocada por essa proibição aqui no Brasil, certamente eu não me ineressaria em assitir o filme ma diante de tudo isso eu fui atrás e…’A Serbian Film’ é um filme forte, com cenas violentas contendo estupro,necrofilia e indução de pedofilia.

 

>>> Trailer:

A Serbian Film


Não vi nada nesse filme

sobre violências,estupros ou induções disso ou daquilo que não tenha visto em muitos outros filmes com esses temas. Não acho que o filme induza a nada, muito pelo contrário.

Milos é um ator pornô aposentado, casado e com filho que para garantir estabilidade financeira aceita participar do que seria um filme pornô de arte por uma considerável quantia em dinheiro mas Milos, ao saber do  trabalho que teria que realiza,r tenta sair do projeto e é ‘forçado’ a participar, tendo um final trágico.

 

Um filme nada mais que médio,para o meu gosto não é bom mas a censura não se justifica…


E Você, o que pensa sobre essa situação? Já assistiu o filme?



3 Comments

  1. Carla C. Reply
    • Luciano Reply
  2. MATEUS Reply

Leave a Reply