Cálculo Exato

PNAD revela um Brasil conectado á tecnologia

Os computadores e a telefonia celular estão entrando com velocidade de banda larga nos lares brasileiros. Em apenas cinco anos, mais do que dobrou a proporção de domicílios com micros, acesso à internet e telefone móvel no país.
Os brasileiros ampliaram o acesso aos computadores e à internet. Já há internet em 13,7 milhões de lares do país, número que representa 23,8% do total e um avanço frente aos 20% de 2007. Nas regiões Sudeste (31,5%) e Sul (28,6%) a taxa de acesso chega ser mais do que o dobro daquelas registradas no Norte (10,6%) e Nordeste (11,6%).
– A proporção dos computadores com acesso à internet está subindo. Em 2007, 75,7% dos lares com computadores tinham internet. Em 2008, este percentual subiu para 76,5% – compara Kratochwill
O avanço acelerado da telefonia e da internet entre as famílias brasileiras é uma das principais revelações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio de 2008 (Pnad), divulgada ontem pelo Instituto Nacional de Geografia e Estatística. O levantamento é realizado anualmente, com a finalidade de coletar dados sobre o desenvolvimento socioeconômico do país. Os dados do ano passado são fruto de uma pesquisa com 391.868 pessoas e 150.591 unidades domiciliares.
A fatia dos lares brasileiros com algum tipo de acesso a telefone foi de 82,1% no ano passado, contra 76,8% de 2007. No Nordeste, região que registra a menor taxa do país, apenas 66,8% das casas têm telefone.
O avanço da telefonia se torna ainda mais expressivo quando se olha para os números desde o início da década. Em 2001, apenas 58,9% dos lares tinham telefone (fixo ou celular), bem abaixo dos 82,1% em 2008.
-Mesmo com a crise, o poder de compra se manteve. Os dados mostram que, nas faixas de renda menor, o computador entra mais devagar, mas entra também. Ele teve um incremento grande porque era um item que muitas casas não tinham – diz Carla Costa, coordenadora do Pnad.
Fonte: O Povo online

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *