Como fazer um bom currículo

Escrever um bom currículo parecer ser fácil,  mas na verdade não é, se você tem pouca experiencia  fica com dificuldade do que colocar, medo que não o aceite pelo fato de ter pouca experiência  e se por outro lado,  se tem muita experiência não sabe como sintetizar tudo em 1 ou 2 paginas, mas, uma dica é essencial: quando for fazer seu currículo pense que ele é sua carta de apresentação, seu cartão de visita, portanto, seja sincero e sucinto.

Pensando nisto, apresentamos algumas dicas que devem ser observadas ao escrever um bom currículo

Dicas_bom-curriculo

Dados pessoais:

Nome, endereço com CEP, telefone, email e só. Idade e estado civil são optativos. Não há necessidade de colocar número de CPF, RG, carteira profissional ou título de eleitor. A função do currículo é estimular uma entrevista pessoal – documentos serão pedidos nas etapas seguintes. Para ser encontrado de forma fácil e rápida, mantenha sempre atualizados telefone e email.

Seja objetivo nas informações:

Inclua um pequeno sumário no início do currículo descrevendo qualificações e realizações mais importantes. Esse resumo pode levar o contratante a se interessar pelo restante. Portanto seja sucinto, mas instigante;

Estruture o documento em campos:

Nome, contato, objetivo e experiência profissional, qualificações, formação educacional, cursos e/ou treinamento são algumas sugestões de campos para o currículo. Liste sua experiência profissional começando pelo último emprego. Avalie a necessidade de descrever experiências em áreas diferentes ou de curta duração e dê preferência às principais funções executadas em sua vida profissional;

Formação:

Mencione os cursos de nível superior, de pós-graduação e especializações que fez, na ordem do último para o primeiro. Não se esqueça de colocar os anos de início e término de cada um e o nome completo das instituições. Desista de tentar impressionar o leitor de seu currículo aglomerando cursos relâmpagos. Destaque apenas os que realmente contribuíram para sua formação profissional e realizações.

Histórico profissional: 

O ideal é salientar os cargos mais recentes. Inclua data de admissão e de saída, o nome da empresa e o cargo. “O que interessa são as experiências dos últimos cinco ou dez anos”, ressalta Laís. Se as empresas por onde você passou não forem conhecidas, faça um resumo (de duas linhas no máximo) do perfil, setor em que atua, faturamento e número de empregados. Comente sobre o departamento em que atuava e explique a sua importância para a empresa. Sintetize suas principais realizações em duas linhas. Destaque projetos que liderou ou dos quais participou, metas atingidas, etc.

Orientações de formato:

Número de páginas:

O currículo deve ter entre uma e duas páginas. Se o histórico profissional for muito grande, faça um resumo das coisas principais na primeira página e depois entre em detalhes nas páginas seguintes.

Texto: 

Utilize tipos básicos de letra, que facilitam a leitura. A melhor apresentação são folhas brancas (em caso de envio em papel) e fontes clássicas, como Arial, Times New Roman ou Verdana. Tamanho 12. Clareza é fundamental: a pessoa que vai ler o seu currículo tem que entender o que está escrito. Utilize uma linguagem simples, não deixe dúvidas de entendimento.

Escreva na terceira pessoa

Fotos:

Não envie foto anexada ao currículo. Antes de conhecer a cara do candidato, os recrutadores querem saber de seus feitos e habilidades. Só mande foto se isso for pedido e cuide para que seja uma 3×4 comportada.

ATENÇÃO:

NÃO COMETA ERROS DE PORTUGUÊS, REVISE!

5 dicas para criar um currículo online

Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *