Cálculo Exato

As 10 profissões que mais trazem felicidades

Segundo pesquisa realizada pela Universidade de Chicago com mais de 27 mil americanos de todos os setores, as profissões que mais trazem felicidades  não são aquelas que oferem altos salarios. A pesquisa divulgada pelo site da Exame listou 10 carreiras que trazem mais felicidade profissional.

Ajudar os outros e destinar as horas de trabalho para algo que realmente é coerente com suas paixões e interesses pessoais parece ser a principal fórmula para satisfação no trabalho.

As carreiras que abrigam os profissionais mais felizes não oferecem salários milionários ou passaporte garantido para as camadas mais altas da sociedade. Mas elas oferecem algo que dinheiro nenhum compra: orgulho e coerência no que se faz.

No topo da lista estão as pessoas que dedicam suas vidas profissionais para o serviço religioso, independente da religião. Seguidas por bombeiros e fisioterapeutas.

Veja

Confira quais são as carreiras que trazem mais satisfação, segundo o estudo. Para quem odeia o próprio trabalho, inspire-se para revitalizar sua carreira.

1. Líderes religiosos

Independente da religião, as pessoas que dedicam suas vidas para o serviço religioso se mostraram as mais completas com suas carreiras. Segundo o estudo, 87% dos entrevistados admitiram estar muito satisfeitos com a profissão que escolheram.

As razões para isso variam de acordo com as circunstâncias. Mas a explicação mais coerente pode estar relacionada ao fato de que, geralmente, essas pessoas atuam em coerência com os próprios valores.

2. Bombeiros

As longas jornadas de trabalho aliadas ao risco sempre iminente não são suficientes para diminuir a satisfação de um bombeiro quando consegue resgatar alguém com vida.

Segundo o estudo, 80% dos bombeiros americanos estão satisfeitos com suas carreiras.

3. Fisioterapeuta

Outra fórmula para ter felicidade no trabalho parece ser cuidar da saúde de outras pessoas. Nesse grupo, os fisioterapeutas são líderes.

Ajudar na reabilitação de pacientes com doenças severas fez com que 78% dos fisioterapeutas demonstrassem real satisfação com suas rotinas de trabalho.

4. Escritores

Fora os grandes nomes da literatura mundial (e isso inclui os best-sellers de qualidade duvidosa), quem segue a carreira de escritor raramente espera um horizonte profissional rentável.

Mesmo assim, 74.2% dos escritores entrevistados assumiram ter uma extrema satisfação com o que fazem.

5. Professores de educação especial

Elaborar projetos de apoio à inclusão de pessoas com necessidades especiais nas escolas e trabalhar diretamente com esses projetos são parte das tarefas dos educadores especializados em educação especial.

A satisfação de ver crianças, que antes era excluídas das instituições de ensino, aprendendo determinou que 70,1% dos profissionais da categoria admitissem que estão felizes com a carreira que escolheram.

6. Professores

A área de educação é figura presente nos rankings americanos de satisfação no trabalho. No início do ano, a carreira alcançou a terceira posição em lista elaborada pelo site Career Bliss das profissões que fazem com que as pessoas sejam mais felizes.

De acordo com o estudo, os profissionais do setor são os que mais valorizam suas tarefas diárias, como trabalhar com crianças. No ranking da Universidade de Chicago, 69,2% deles admitiu muita satisfação.

7. Psicólogos

Entender os outros e procurar ajudar pessoas a superar problemas de ordem emocional parece ser outra fórmula para felicidade na carreira.

Por conta disso, os psicólogos são outros profissionais da área de saúde que estão bem felizes, obrigado, com suas carreiras. Segundo o levantamento, 66.9% dos entrevistados admitem satisfação plena com o que fazem.

8. Gestores de educação

A terceira profissão ligada à área de educação que mais traz felicidade para quem decide segui-la é a dos gestores.

Segundo o estudo, 68.4% dos reitores, diretores e coordenadores dos Estados Unidos estão realmente satisfeitos com o que fazem.

9. Pintores e escultores

Como no caso dos escritores, as pessoas que fazem da expressão artística uma carreira não esperam robustos retornos financeiros.

Mesmo assim, do total de pessoas participantes da pesquisa, 67,3% estão muito satisfeitas com essa opção de carreira.

10.Engenheiros de operação

Uma das profissões em alta no Brasil, os engenheiros de operação são os responsáveis por cada detalhe da operação nas unidades de cada empresa.

Essa autonomia e responsabilidade garante que 64,1% dos engenheiros de operação dos Estados Unidos estejam muito satisfeitos com o trabalho. Estima-se que é possível estrear no setor com um salário de 9 mil reais. Para os gerentes de operações, a remuneração sobe para cerca de 16,5 mil reais.

Lógico que esta é uma pesquisa realizada nos E.U.A, muitos irão concordar com a lista e outros não, mas como estamos falando do nível satisfação do profissional e não do rendimento monetário que esta poderá lhe trazer, portanto estejam à vontade para opinar, concordar ou não com a lista.

 Quais as carreiras que também poderiam fazer parte deste Top 10?

No Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *